segunda-feira, março 05, 2012


Medidas, Peso e Desabafo

5
Oiiii gente light (ou não...rs)

Olha, hoje parei pra pensar, final de semana são os dias que muitas de nós (to me incluindo, hein, meninas) tiramos para enfiar o pé na jaca.

Percebi ao longo desses quase 2 meses de RA, que existem 2 tipos de “enfiar o pé na jaca”: aquele em que arranjamos desculpas do tipo “foi mais forte do que eu, não consegui resistir” e aquele que a gente enfia os dois pés com vontade e prazer, sem medir as consequência e ficar com o peso na consciência mais pesado que o próprio peso na balança. Acho que agora, eu me encaixo mais no segundo tipo.

Se você é do segundo tipo, acho que é mais fácil correr atrás do prejuízo. Porque se você é determinada a enfiar o pé na jaca no sábado/domingo, deve ser determinada a começar a segunda-feira dando a volta por cima.

Mas o que não me entra na cabeça é a primeira opção. Acho que essa desculpa de que não conseguiu resistir à pizza, ao brigadeiro, ao refrigerante, ao sanduiche e etc, não cola! Me desculpem gente, mas pra mim não adianta dizer que é mais forte do que você. Qual é meninas???? Emagrecer não é fácil, mas acho que se a gente tem um objetivo (entrar naquele biquini, naquela calça jeans tamanho 40, guardada há alguns anos etc) tem que fazer tudo de forma consciente, nesse caso, até enfiar o pé na jaca.

Como já falei em posts anteriores, depois que nos tornamos adultas, ninguém nos obriga a nada, nem mesmo a comer, ou você acha que o deslize cometido no final de semana é culpa de mais alguém além de você mesma? NÃO!

A única coisa capaz de derrubar a nossa RA somos nós mesmas. Não culpe os outros pelas suas atitudes, pelos seus deslizes, pelas suas enfiadas de pés na jaca. E não diga que é mais forte que você, porque essa desculpa não cola.

Eu penso assim. É quase a mesma coisa que outros objetivos que temos na vida. A gente se determina quando quer alguma coisa, não é? Se você quer passar no vestibular ou concurso público, você se dedica, você estuda além do seu limite. Se você quer fazer a viagem do seus sonhos, você economiza grana, abre mão de alguns confortos. No final das contas, se você consegue alcançar seu objetivo, você acaba pensando que todos os esforços valeram a pena, não é mesmo? Então meninas, porque não dá pra ser assim quando o assunto é “EMAGRECER TROCENTOS QUILOS”?

Por que eu disse tudo isso? Porque já to meio casanda de visitar os mesmos blogs na segunda-feira e encontrar muitos posts de jacadas do final de semana, cheios de desculpas, gente querendo enganar a si mesma, colocando a culpa nos amigos que chamaram pra sair, no namorado que levou pra jantar naquele restaurante italiano, no aniversário de criança cheio de doces que não podia deixar de experimentar.

Não to dizendo aqui que agora temos que nos tornar antissociais para conseguir emagrecer. Nada disso! Tô dizendo que a gente tem que fazer escolhas. É difícil ir para um evento e não comer tudo o que é servido? É, claro que é. Mas é nesse momento que entra a escolha. Você pode escolher comer um pouco (ou muito) de tudo, ou comer somente o que vai deixar seu estômago satisfeito e que não vai deixar a sua consciência pesada. Se escolher a primeira opção, faça com prazer, sem dar desculpas e culpas depois. Se escolher a segunda, ótimo, sinal de que seu domínio próprio é maior que o domínio da comida sobre você.

E por fim, eu queria relatar aqui, CONSCIENTEMENTE, como foi o meu sábado cheios de eventos sociais. Dos 3, só consegui cumprir 2.

A feijoada que era pra ser um almoço, acabou sendo servida às 3h da tarde. Meu estômago já tava gritando, mas consegui comer somente 1 concha rasa de feijão e bastante couve, não comi arroz. Bem no final tarde, cortaram o bolo e eu comi uma fatia fina.

Não consegui ir no chá de bebê. Lado positivo? Menos coisas pra comer.

À noite, o outro niver que eu tinha pra ir, era na minha casa..rs. Comi alguns salgadinhos, não comi pudim e o cachorro quente, só comi a salsicha, sem o pão...rs.

Eu até acho que consegui ser bem moderada no sábado, mas pelo fato de não ter praticado nenhuma AF nem sexta, nem sábado e nem domingo, tinha certeza de que os números da balança subiriam um pouco, mas foi bem menos do que eu esperava.

No sábado de manhã, antes de todos os eventos e comilanças do dia, eu estava com 73,1 kgs.
Hoje, segunda-feira, dia de pesagem e medidas, o resultado foi:
Peso: 73,300 kgs
Braço: 30 cm
Coxa: 58 cm
Quadril: 109 cm
Cintura: 84 cm
 Look do almoço de niver e look do niver à noite. 
Primeiras fotos em que consigo me ver realmente mais magra.

5 comentários:

Mirian Ferreira disse...

Ai Laurem, Ai Laurem, Ai Laurem! Vc está certa mesmo. Precisamos de determinação e isso não é pra fraco não. Tenho sido bem fraca. Mas... vamo que vamo. Abraço.

Menos vinte quilos... disse...

Realmente você está bem mais magra do que na foto que aparece na coluna do lado do seu blog...

E concordo MUITO com você. Parece até que foi eu quem falou tudo isso do post, kkkk. Não existe essa de fui obrigada a comer. Você comeu, porque quis, ué! Eu como, porque eu quero. Me controlo durante a semana e sábado e domingo, como o que eu gosto.. Segunda tô firme e forte na dieta de novo (às vezes nem tão animada, mas começo ou melhor REcomeço!).

Enfim, que tenhamos uma bela semana! Beijoooos!

Bethynha disse...

teu post caiu bem pra mim mesmo..eu to deixando de viver pq to me sentindo gorda..nao saio mais de casa..vivo reclamando que nao emagreço..mas ai ta meu erro..final de semana é sempre a mesma lamuria..como e como..me intupooooo de tudo e venho na segunda cheia de remorsos pq comi...
tenho que mudar isso urgente..a visa ta passando e eu to aqui nao vivendo ela...ai ai isso me acordou amiga..mto obrigada pelo seu post de hj...preciso mudar logo...se nao a coisa fica feia pro meu ladoo
bjooo grandeee e boa segundaaa

Narinha disse...

Você tá gatona Mel. Concordo , como disse hoje, isso é muito difícil, determinação não é para qualquer um. Dizer não é quase um parto (tudo bem que o meu foi indolor), mas carambaaaaaaaaaa !!!!

Elaine Santa Maria disse...

Nossa, como eu AMEI o seu post!!! Tambem fico chocada quando leio os post de segunda... Depois que eu resisti no carnaval, acho tudo possivel! Sucumbi a TPM, mas consciente. Comi besteira no findi, mas um pouquinho de cada e nao me senti mal. Jaquei consciente, como voce disse! PERFEITO!!! Parabenx pelo post, pela pesagem e por se sentir magra... Nao ha nada que pague! Beijo, beijo!